08 abril, 2009

em cima do muro



Eis um lugar pra não ficar...
É preciso decisão:

Se eu for pra lá hei de tomar o casaco e calçar o sapato pra não escorregar...
Se eu vier pra cá hei de tomar um tombaço e seguir descalço até me cansar...

Mas cansei-me só lembrando que já cá estive!
Na boa?? Faz frio... e sabem como é...

Só existe uma idade quando tudo é possível.
É possível casar-se e divorciar-se quando bem quiser.
Tomar vinho e cantar em alta voz,
depois fazer amor em qualquer lugar.

Nesta idade pode-se dançar na chuva e ser chamada de “gata molhada”.
Ou mesmo cair de joelhos em público, numa festa,
e acordar como se tivesse no lugar deles duas rodelas de beringela oxidada,
sentindo a cabeça tão vazia quanto a última lata de SKOL.
E o melhor é declarar na cara dura uma certa amnésia sobre cenas com chicotes e performances da "irmã caminhoneira Shell".

Também pode-se rezar e até ir pra Igreja Universal.
(Por que não?)
Pra “desencapetar” ou virar o diabo!

Pode-se querer ser a tal!
Emagrecer e perder só o rabo...

Só não se pode é jogar!
Não de cima do pontilhão! (nada, nem papel de bala)

Pode-se "playar" vários papéis.
Mas não há persona que te cole na cara...

É quando te deparas com a Real-idade...
e te apercebes então que já não podes viver como antes...

Porque as calças jeans dos teus quinze anos já fizeram QUINZE ANOS!!!

É quando o casaco fica tão atraente e te pões a pensar em calçar sapatos que não te prejudiquem a postura!
E passas a ter um desejo ardente de trilhar o teu caminho de coluna ereta.

Por isso vou “a pés”!
Um depois do outro.

3 comentários:

Elvandro Burity disse...

Melissa
Gostei do blog.
Aceite as cordiais saudações poetanas.
Com muito axé!
Elvandro
http://elvandroburity.blogspot.com

Emilio disse...

http://deciloquequierass.blogspot.com/

Good Bloog my friend!! Congratulations!!

good luck!! See you!

Luciana Barbosa disse...

Amei..e conheço de perto algumas dessas reações..rsrsr..linda!!